COMBATE AO COVID-19 – 10 DICAS PARA EMPRESAS

Rebeca Tarragô | 19th março 2020

Estamos vivendo um momento desafiador…

Desde dezembro de 2019, um dos assuntos mais comentados mundialmente é o novo vírus, Covid-19, mais conhecido popularmente como coronavírus. Agora que confirmada a sua chegada ao Brasil, muitas empresas brasileiras têm adotado medidas preventivas e trabalhado planos de contingência para evitar um eventual avanço do vírus entre seus colaboradores.

Confira abaixo 10 dicas que temos adotado aqui na empresa e que podem ajudar a evitar a rápida propagação da doença em sua empresa também!

1 – Manter objetos de uso comum higienizados
Nesse momento, todo cuidado é pouco! Orientações têm sido passadas e uma comunicação foi distribuída por toda a empresa. Cartazes para lembrar os colaboradores a lavarem bem as mãos e usarem álcool gel antes e depois de usarem objetos de uso comum, como por exemplo, a máquina de café ou, antes e depois da marcação de ponto. Distribuímos frascos individuais de álcool gel para todos os colaboradores. Outro ponto bem importante é também evitar o compartilhamento de objetos pessoais, como canetas e outros itens de escritório.

2 – Home-office
Para todos os casos possíveis o home-office tem sido uma prática adotada e a tendência é que se torne mais frequente a cada dia. Essa semana, começamos também a nos programar para que mais colaboradores ainda possam trabalhar de casa, comprando antenas de wi-fi e outros pontos que podem ajuda-los. 

3 – Reuniões por videoconferências e reuniões presenciais limitadas
Reuniões virtuais já são uma realidade de muitas empresas em meio a tanta tecnologia que temos nos dias de hoje. A adoção de reuniões online é uma excelente prática para esse momento! Para os casos que não sejam possíveis, é possível limitar a participação de pessoas em reuniões presenciais para até 10 pessoas, dependendo do tamanho da sala, e sempre respeitar uma distância segura de pelo menos dois metros entre os participantes.

4 – Nada de viagens nacionais e internacionais
De acordo com indicações de nossa matriz da Alemanha, há aproximadamente 3 semanas nossa equipe não tem mais realizado nenhum tipo de viagem que não seja de carro.  Nesse momento de pandemia, todo e qualquer contato possível deve ser prorrogado e evitado.

5 – Horários de almoço intercalados
Uma iniciativa que adotamos aqui é realizar turnos de almoço para evitar a concentração de muitos funcionários ao mesmo tempo no refeitório e permitir maior espaçamento entre eles. Além de intensificar a higienização de objetos de uso comum utilizados nesse período.

6 – Nada de ar-condicionado
Para muitas empresas que trabalham em grandes arranha-céus em São Paulo, por exemplo, pode não ser possível, mas para todas as que puderem, adotem a ventilação em locais com concentração de pessoas em seu plano de contingência. Esse ponto, também é uma recomendação das autoridades sanitárias. 

7 – Flexibilidade no horário
Para evitar que os funcionários utilizem transporte público em horários de pico, a flexibilização do horário é uma alternativa importante e ajuda a evitar o contato dos colaboradores com menos pessoas na rua.

8 – Criação de comitês
É muito importante que os funcionários saibam o que está acontecendo e que a informação chegue para todos da mesma forma. Para isso, um comitê que realize atualizações e discussões diárias sobre possíveis e novas ações que podem ser adotadas é importante! E-mails para manter a equipe informada das notícias e novidades sobre a crise, e novas ações preventivas são pontos discutidos por esse comitê.

“Estamos trabalhando fortemente uma comunicação constante com nosso time, como por exemplo, boas práticas que podem ser adotadas nesse momento. Todas as iniciativas possíveis e cabíveis para esse momento também estão sendo tomadas, visando a saúde de nossos funcionários.” comenta Marcelo Pimenta, CEO da igus do Brasil.

9 – Monitoração da saúde do funcionário
Uma das medidas que pode ser adotada, com o consentimento do colaborar é a monitoração diária de pontos que visem analisar a sua saúde. Pontos como a medição de febre e a identificação de sintomas gripais, como tosse e coriza que ele possa apresentar. Caso haja qualquer manifestação desses sintomas, o funcionário deve reportar imediatamente ao seu gerente para que as medidas necessárias possam ser tomadas.

10 – Antecipação da vacina da gripe
Muitas empresas fornecem aos seus colaboradores a vacina contra a gripe. Geralmente, durante os meses de Abril e Maio a campanha anual é divulgada pelo Ministério da Saúde. A antecipação da vacinação anual contra a gripe pode ser antecipada! Por aqui, já estamos aguardando à chegada das vacinas.

Dica extra!
Outro ponto, que se aplica em nosso caso e tem funcionado muito bem é a substituição sempre que possível de visitas técnicas em campo – realizadas pelo nosso time de consultores externos – pelas chamadas VISITAS TÉCNICAS VIRTUAIS. Nelas, é possível manter a segurança de ambas as partes, tirar dúvidas técnicas de nossos clientes, desenvolver novos projetos e até ir até o equipamento dele, tudo de forma remota. O cliente decide o melhor horário e a plataforma de comunicação de sua preferência, seja o Facetime, Skype, chamada de vídeo por Whatsapp business, Microsoft Teams…

Assista o vídeo no link para saber mais sobre essa novidade: https://www.igus.com.br/info/virtual-visit

Adote você também em sua empresa medidas protetivas que visem à saúde coletiva! É hora de pensarmos no próximo e agirmos de forma responsável e consciente! Contem conosco para o que precisarem em frente à esse período de incertezas! E força para todos!

Para saber mais, acesse o portal do Ministério da Saúde, desenvolvido especialmente para tratar assuntos de utilidade pública, com informações e esclarecimentos sobre o COVID-19.
https://coronavirus.saude.gov.br/

Comente nesse artigo

Por favor deixe um comentário.

Seu comentário será aprovado por um moderador antes de ser publicado.