Yukon.

Nós começamos nossa jornada para Yukon, e dirigimos pela famosa estrada de Alcan. O território de Yukon (Canadá) é famoso pelo seus quilômetros e quilômetros de “deserto”, que inclui várias espécies de animais, inúmeros lagos, riachos e outras surpresas ao longo da rodovia.

O território de Yukon tem a forma de um triangulo retângulo fazendo fronteira com o Alasca. Há muitas cidades pequenas e vilas ao longo do caminho, com diferenças gigantescas de horas entre elas. Nós conversamos com algumas pessoas que moram por ali, e um homem nos contou que ele estava doente. Ele demorou vinte e três horas para chegar ao hospital mais próximo. Internet e sinal de celular praticamente não funciona por lá. Desta maneira é importante saber como sobreviver em caso de emergências.

O carro iglidur® digiriu milhas e milhas sobre pedras, barro e ventos. Nossas buchas iglidur® continuaram funcionando perfeitamente, mesmo sobre estas condições. O bom funcionamento do carro é causado por nossas buchas, como a iglidur® G no pedal de freio.

O desempenho da iglidur® G é excelente para praticamente todas as aplicações. Ela é livre de manutenção, auto lubrificante, resistente à corrosão e resistente a sujeira e poeira. Praticamente o nosso carro iglidur® enfrentou tudo isso só aqui no Alasca.

Nós fizemos algumas paradas em Whitehouse e Watson Lake nos três dias que levamos para chegar a Yukon. No caminho, tivemos o prazer de ficar frente a frente a uma mãe ursa e seus filhotes.

Vários cavalos selvagens, bisões americanos, um porco-espinho, vários alces e uma rena! Foi incrível ter acesso a todos estes animais em seu habitat natural.

 

Há muitas coisas escondidas em Yukon. Um dos destaques para nós foram as fontes termais em Liard, que é a segunda maior fonte de água quente no Canadá.

Esta fonte termal é única. Em um local a agua está extremamente quente, e em outros locais a água está mais agradável. Ficamos nadando por uma hora, afinal dirigimos três longos dias até chegar neste ponto.

Com o tempo saímos de estradas rochosas e nos encontramos cercados por rios e quilômetros de montanhas gigantescas. Nossas buchas continuaram trabalhando bem sobre todas as condições. Mas nosso carrinho por fora começou a ficar menos laranja e mais marrom de tanta sujeira que passamos.

Estamos chegando a Vancouver!

Continua nos acompanhando,

Sascha e Kayla.