Vida útil 2x maior com as buchas autolubrificantes da igus em esteira porta cabos para deslocamentos longos!

Na Hannover Messe, a igus apresentou a nova esteira porta cabos com buchas, a P4.1 para o uso em guindastes e pontes rolantes com monitoração de desgaste inteligente opcional

Para aumentar o tempo de funcionamento de sistemas de guindastes e pontes rolantes, a igus agora combinou suas principais competências da tecnologia de buchas autolubrificantes e esteiras porta cabos. Na esteira porta cabos P4.para deslocamentos longos, novas buchas autolubrificantes tribologicamente otimizadas garantem a montagem isenta de lubrificação dos elos individuais das esteiras. Isso prolonga significativamente a vida útil da esteira porta cabos. Opcionalmente, a esteira porta cabos P4.1 pode fazer parte do conceito de manutenção previsível da igus com um novo sensor de desgaste isense

Durante muitos anos, o sistema P4 tem sido a solução para aplicações desafiadoras. A série de esteiras porta cabos com rolamentos P4 já se comprovou em mais de 1.000 aplicações em guindastes e pontes rolantes no mundo inteiro, com deslocamentos de até 800 metros, altas velocidades de mais de cinco metros por segundo, e vários milhões de ciclos com pouca vibração e pouco ruído. Usando-se buchas integradas no elo da esteira, o atrito é reduzido ao mínimo e a vida útil prolongada ao máximo. Devido à distância entre a parte superior e inferior, os rodízios não passam um sobre o outro, mas deslizam de forma a permitir uma operação suave. Como resultado, o coeficiente de atrito diminui e a força de acionamento é reduzida em 57 por cento. Usuários como o maior fabricante de ponte rolantes do mundo, ZPMC, vêm confiando na esteira porta cabos com rolamentos há muitos anos. Com as buchas autolubrificantes isentas de manutenção feitas de plásticos de alto desempenho, a igus agora levou a esteira porta cabos para outro nível.

Nova P4.1: Combinando duas competências principais

Desde 1964, a igus vem desenvolvendo e fabricando plásticos de alto desempenho para buchas autolubrificantes e esteiras porta cabos livres de manutenção. Através de sua experiência em ambas as áreas e pesquisa de novos compostos plásticos, os desenvolvedores da igus foram capazes de otimizar ainda mais a esteira porta cabos com rolamentos P4.1, de forma a significativamente aumentar a confiabilidade e disponibilidade. Há um ponto de apoio de giro em cada conexão dos elos. Esse agora foi equipado com uma bucha autolubrificantes de tribopolímero livre de manutenção, aumentando a vida útil em mais que o dobro. Assim, os guindastes de contêiners em portos, por exemplo, agora são capazes de alcançar uma vida útil de mais de 15 anos ou mais de 20.000 horas de funcionamento, com pouca necessidade de manutenção e alta confiabilidade.

Trabalho em rede inteligente e manutenção previsível com o isense

Opcionalmente, a nova P4.1 pode ser equipada com sensores de monitoramento, como um sensor de desgaste para as novas buchas deslizantes instaladas. Quando é atingido um limite de desgaste predefinido, ele emite um sinal para o módulo de comunicação igus icom, permitindo planejar a manutenção de antemão. Dependendo das exigências do cliente, os dados do módulo icom podem ser usados diferentemente: com uma integração direta no ambiente de software e solução de intranet existentes para uma pura mensagem de manutenção ou com conexão ao centro de dados da igus para uma previsão inteligente e dinâmica da vida útil. Nesse caso, as recomendações de manutenção através de algoritmos de aprendizado de máquina e IA são constantemente comparadas e definidas de acordo com os dados de várias aplicações existentes. Graças ao trabalho em rede inteligente da esteira porta cabos de rolamentos P4.1, o engenheiro de manutenção pode acessar os dados de vida útil da esteira porta cabos a qualquer hora e em qualquer lugar.

Saiba mais em: http://www.igus.com.br

Atravessando Lowa

De Minneapolis seguimos para Lowa. O estado de Lowa é muito conhecido por sua produção de grãos, o que vimos bastante durante a viagem.  Além disso, Lowa é chamada de “O coração da América” e fica também a margem do Rio Mississippi.

Na metade do século 20, a economia agrícola de Lowa se expandiu em uma ampla gama de produção. Com isso, a igus® ganhou o seu espaço no meio de todas essas indústrias.

Tivemos tempo para encontrar alguns dos nossos clientes, um deles era um fabricante de maquinas de embalagem. Eles utilizam nossas buchas iglidur ® J e as guias lineares Drylin® R em suas maquinas.

Utilizada em muitos segmentos de embalagem, incluindo o setor alimentício, os produtos da igus® são absolutamente seguros e garantem uma vida útil longa. Além disso, por serem livres de lubrificantes, nossas buchas podem trabalhar sem problemas em meio de sujeiras.

Ainda em Lowa, o carro iglidur® conheceu um famoso campo de Baseball, o “Original Field of Dream”, aonde foi gravado um famoso filme americano o “Field of Dreams” (Campo dos Sonhos). Quando chegamos ao campo, o proprietário Dom Lansing nos recebeu com muita simpatia.

O Sr. Lansing nos contou que após o filme pessoas do mundo inteiro vieram visitar o campo.

Após passarmos por Lowa, uma parada no Rio Mississipi era necessário. O Rio é gigantesco, com uma extensão de 2.340 quilômetros por todo país, tornando-o o quarto rio mais longo do mundo!

Mantenho vocês informados,

Kayla.