A igus apresentou a próxima geração de cabos inteligentes

Navegação de artigos

O módulo CF.Q verifica e avalia dados de cabos durante o funcionamento real e informa quando será necessária a próxima substituição

A empresa igus levou seu conceito de cabo inteligente ao próximo nível. A experiência de clientes nas indústrias automotiva e de máquinas-ferramentas forneceu conhecimentos importantes para o desenvolvimento dessa nova geração. O novo módulo CF.Q em combinação com o isense utiliza as novas possibilidades de digitalização e ligação em rede para tornar a manutenção mais fácil e mais eficiente e, assim, economizar dinheiro.

A parte principal de cada cabo inteligente da igus é um sensor complexo chamado CF.Q. Com esse módulo, as propriedades elétricas podem ser testadas em vias de medição adicionais e continuamente comparadas com valores empíricos existentes de um determinado cabo chainflex. Danificações devido ao dobramento ou cargas extremas podem ser detectadas confiavelmente. Além disso, é possível definir valores de referência para os cabos de antemão. Se o módulo CF.Q está instalado, ele informa o cliente acionando um contato quando os valores predefinidos dos parâmetros elétricos mudarem. No entanto, a inteligência “verdadeira” do cabo se encontra no detalhe. Apenas a combinação de valores empíricos e medições em tempo real fornecem ao usuário previsões exatas sobre as manutenções de seus cabos – especialmente no ambiente de produção dinâmico. Isso é possível graças a uma aplicação adequada para a indústria 4.0 chamada isense-online. Ela compara os valores do cabo registrados em tempo real e os valores empíricos em um banco de dados, e, se detectar flutuações, solicita ao operador fazer a manutenção. Isso tudo antes de ocorrer algum dano que resulte em uma interrupção da produção ou tempo de inatividade da máquina.

Em combinação com tendências tecnológicas como redes neuronais ou inteligência artificial, a igus está definindo novos padrões em cabos inteligentes e manutenção previsível.

Manutenção previsível alivia equipes de manutenção

Graças ao invólucro de calha superior, a nova geração de módulos CF.Q agora é adequada para a montagem de quadros de distribuição, oferecendo, assim, aos engenheiros elétricos uma flexibilidade adicional em termos de integração e manuseio. Além disso, por possuírem um slot para cartão SD, os módulos são adequados para o logging de dados. Uma emissão dos valores medidos em uma interface serial também faz parte do padrão. Clientes que querem obter informações precisas sobre os valores medidos salvos podem fazê-lo através de uma visualização detalhada quando conectados com o isense-online. Aliás, o usuário tem acesso a uma grande variedade de canais de comunicação e opções de relatórios. Recomendações de manutenção ou falhas iminentes são exibidas no navegador clássico de PCs, assim como em dispositivos móveis como tablets e smartphones. Para equipes de manutenção e gerentes de produção, os cabos inteligentes da igus estão trazendo uma mudança de paradigma para a manutenção e serviço através de previsões exatas. Graças à indústria 4.0 e a integração ativa de tecnologias inteligentes, a manutenção do futuro se torna previsível e consequentemente mais eficiente. Os sensores e aplicação insense-online podem ser usados em vários setores. Com o dispositivo beta IS.CF.Q.03.01.0., disponível no estoque, os clientes podem começar o seu próprio projeto de teste beta e preparar ainda mais os seus processos de produção para a digitalização e “smart factorys”.

Fonte: igus GmbH