Bem vindos ao país do sol nascente.

Navegação de artigos

Chegamos à metrópole mais populosa do mundo, Tóquio. Aproximadamente trinta e seis milhões de pessoas vivem e trabalham aqui.

Embora conseguimos obter nosso carro iglidur® facilmente pela alfândega, irá demorar um pouco para obter a licença para dirigir.

A data marcada para o começo da turnê é dia 28 de maio. Antes de começarmos a viajar pelo país do sol nascente, nós precisamos obter vários documentos. Por exemplo, precisamos de um “certificado de estacionamento”.  Qualquer pessoa que deseja registrar um carro deve trazer uma prova de um espaço para estacionar existente. Esta é uma medida para reduzir o tráfico em Tóquio. Além dos documentos, precisamos fazer algumas modificações no carro. Depois teremos que passar no teste de inspeção e gás de exaustão. Depois deste longo processo, será liberada nossa licença para dirigir. Enquanto acontece a modificação e inspeção, o carro fará parte do nosso estande em uma feira automotiva.

Desde minha chegada, a primeira coisa que vi foram escritórios bem organizados do estado. Fomos até a embaixada alemã, e eles verificaram a minha identidade para que a minha habilitação de condução seja liberada.

Minha primeira impressão de Tóquio foi uma cidade limpa e bem organizada. Você não irá encontrar sujeira em Tóquio, pelo menos não no centro da cidade. As estações do metro são tão limpas que você pode comer no chão sem problemas. Os trens do metro param sempre no mesmo lugar, ou seja, se você ficar no local indicado na estação o trem irá parar bem na sua frente. Talvez por ser uma cidade tão lotada, tudo precisa ser bem organizado para que não ocorra nenhum problema. Um exemplo que mostra como Tóquio é cheia de pessoas, é a rua em frente da estação Shibuya. Todos os dias milhares de pessoas estão passando pelo cruzamento principal.

Por um lado Tóquio é uma cidade muito moderna, mas por outro lado é bastante “antiga” e tradicional. Um exemplo de modernidade é o distrito de Akihabara, a “cidade dos eletrônicos”. Aqui você irá encontra dezenas de animes e lojas de eletrônicos.

Já em outros distritos encontramos a parte mais antiga e tradicional de Tóquio, aonde as ruas são bem estreitas e cheias de casas tradicionais.

O coração deste distrito é um grande templo.

Aqui você pode vivenciar os dois lados de Tóquio, a frente um templo tradicional e ao fundo as casas modernas e arranha-céus futurísticos.

Com uma altura de 634 metros, a Skytree (famosa torre de Tóquio) tem visão para tudo. É a torre mais alta do mundo e segue a torre de Xangai como o segundo maior edifício do mundo.

Um colega me convidou para participar um famoso festival religioso, chamado Sanja Matsuri.

Neste festival é apresentado cerca de cem mikoshi (santuários portáteis). Em que deuses são simbolicamente colocados dentro dos mikoshi e desfilam pela cidade trazendo boa sorte aos negócios e para as casas locais.

Eu tive a honra de carregar um destes santuários que são incrivelmente pesados.

Depois fui informado que foi uma oportunidade rara. Um colega japonês me disse que é uma honra para todos os japoneses participar deste evento. E ele infelizmente nunca teve a chance de participar.

Enquanto esperamos pela licença de direção, irei mostrar mais para vocês desta cidade fascinante.

Sascha.