Jinan – Tai’an – Pequim (600km)

Navegação de artigos

De Jinan nós fomos para Tai’an aonde visitamos um cliente especializado em maquinas de etiqueta.  O Sr. Ji, fundou a empresa há 15 anos, e conhece a igus® faz pouco tempo.

Ele vem pesquisando melhorias para o desempenho de suas maquinas, já que sua intenção é vender ainda mais no exterior. E uma das maiores desvantagens em suas maquinas era a lubrificação. Até que um dia ele resolveu substituir suas buchas metálicas por buchas iglidur® J da igus®.

Como todas as nossas buchas são auto lubrificantes, ele conseguiu se livrar de seu problema com a lubrificação. Quando estávamos conversando com ele, ele nos disse que ficou surpreso com a vida útil de nossos produtos. Além disso, ele ressaltou que o ruído de suas maquinas foi reduzido.

Nosso cliente gostou tanto que está estudando outras aplicações aonde ele possa implantar novas buchas iglidur®.

Tai’an é bastante conhecida na China por suas montanhas.

A montanha Taishan é uma das cinco montanhas sagradas da China, e desde 1987 ela é um patrimônio mundial pela UNESCO. Com 1.545 metros de altura (o que não é muito alto), na antiga China, a montanha Taishan foi considerada a maior montanha do mundo. Ela tem sido um lugar espiritual por mais de três mil anos. E o que a montanha mais famosa, no país mais povoado do mundo abriga? Muito visitante é claro.

Existem duas maneiras de subir a montanha: Por escada (mais de 6.000 degraus) ou por teleférico. Claro que se tivéssemos mais tempo, iriamos de escada. Mas infelizmente nosso dia era curto e nós tivemos que utilizar o teleférico. Como não foi possível levar o carro comigo, levei a nossa dry-tech® box. Nossa iglidur® tinha que estar em uma das mais famosas montanhas da China.

No alto da montanha, encontramos templos bem legais de visitar e uma vista incrível!

Além das montanhas, uma coisa que eu tenho apreciado bastante é a comida chinesa. É light, bem saborosa e diferente. Eles comem bastantes legumes, frango e sopas. Mas é claro que há comidas estranhas. Para mim, se adaptar a novas culturas, significa se livrar de alguns hábitos. Eu particularmente não consegui comer um testículo de ovelha, mas pelo menos tentei os insetos. No norte da China, as pessoas estão acostumadas a comê-los bastante. E pra falar a verdade, eu não sei quais os insetos que eu comi, mas eles não eram tão ruins como imaginava. Fiquei surpreso de como eles são crocantes. O gosto é igual de batata frita (ainda sim, prefiro comer batata frita de verdade enquanto assisto a um filme, do que insetos crocantes).

Comida é algo que nossos clientes gostam de nos envolver. A maioria das companhias tem o seu próprio restaurante na empresa. Geralmente, depois de passar metade do dia com nossos clientes, eles nos chamam para almoçarmos juntos.  Eu não sei por que, mas todo cliente me oferece uma cerveja. Provavelmente eles acham que os alemães bebem cerveja o tempo todo. 🙂

Isso é tudo por hoje.

Mantenho vocês atualizados. Nossa próxima parada é em Pequim, e se tudo der certo na Grande Muralha também.

Até logo.

Sasha.